Madeira Tratada

 

O tratamento da madeira é realizado para prevenir sua deterioração, ampliando assim seu tempo de vida útil. Trata-se de um processo químico através do qual ocorre a fixação de elementos preservativos na madeira, tornando-a mais resistente à ação de fungos e insetos (brocas e cupins), principalmente se a madeira ficar em contato direto com a água ou com o solo. As madeiras tratadas são o eucalipto e o pinus.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

O tratamento da parte interna da madeira consiste na troca da seiva (madeira verde) por solução que contém elementos preservantes. Após a secagem, os elementos conservantes ficarão retidos dentro da madeira. O tratamento pode ser realizado de maneira manual ou industrial (com a utilização de equipamentos específicos).

 

O tratamento industrial é realizado a vácuo ou sob pressão em autoclave (uma espécie de panela de pressão gigante) utilizando produtos preservativos regulamentados pelos órgãos competentes. Esses processos industriais são mais seguros para o meio ambiente, gerando uma contínua queda na utilização do sistema manual.

 

A autoclave é um cilindro que suporta pressão, onde a madeira é introduzida e em seguida os produtos químicos preservantes são injetados. O preservante ideal é aquele que consegue permanecer na madeira, é tóxico aos fungos e insetos, mas que não é prejudicial aos homens e animais. A autoclavagem é um moderno processo industrial de tratamento de madeira, que incorpora tecnologia desenvolvida nos campos da mecânica e da química.

 

Somente através de autoclavagem é possível impregnar profundamente a madeira com produtos inseticidas e fungicidas de ação comprovada, protegendo-a contra o apodrecimento, o cupim, e outros agentes biológicos de deterioração.

 

Antes de ser submetida ao tratamento por autoclavagem, a madeira passa por um período de secagem natural de aproximadamente 3 meses, até apresentar um grau de umidade compatível.

 

Perguntas frequentes:

 

1- O que é madeira tratada? Madeira tratada é aquela modificada através de um tratamento industrial, realizado a vácuo ou sob pressão em autoclave utilizando produtos preservativos regulamentados pelos órgãos competentes a fim de prolongar sua vida útil. A partir deste processo, a madeira oferece alta durabilidade, economia, segurança, versatilidade, fácil manutenção e garantia de qualidade. O essencial é ressaltar que ao prolongar a vida útil da madeira por meio de técnicas de tratamento, significa reduzir a necessidade de cortar novas árvores.

 

2 - Qual a diferença para as outras madeiras, inclusive no preço?

Madeiras Tratadas são em sua maioria, provenientes de reflorestamentos, estes por sua fez são plantados em áreas de cultivo e em muitos casos com manejo florestal, trazendo benefícios para fauna e flora, pois possibilita que estas fiquem intactas. Um reflorestamento tem tempo de corte muito inferior a uma mata, madeira de lei, trazendo exorbitantes diferenças de preços e como já citados benefícios naturais. O preço da madeira tratada reflorestada fica no mínimo cerca de 40% mais barato que a madeira de lei.

3- Qual a utilização mais frequente? Serve para quê?

A madeira tratada serve para todas as situações onde se deseja uma maior durabilidade e resistência às intempéries. Decks, móveis, madeiramento de telhados, construção civil em geral, postes e mourões, etc.

 

4- Quais são os tipos, tem categoria?

Classificamos pelos tipos de madeira: Vigas, estruturas, esquadrias, postes, dormentes, mourões, móveis de jardim e tábuas.

 

Ciclos do Processo de Tratamento.

1ª Etapa – Introduz a madeira, depois de seca, no cilindro de alta pressão (autoclave) e fechar a porta. A pressão interna é igual ao da externa.

2ª Etapa – Inicia-se o vácuo inicial, com a finalidade de extrair o ar da autoclave e das cavidades (celulares) da madeira, a 650 mmHg.

3ª Etapa – Mantendo o vácuo, se inicia o enchimento da autoclave com a solução preservante, com a ajuda do próprio vácuo existente dentro da autoclave.

4ª Etapa - Quando a autoclave está totalmente cheia com a madeira e solução preservante, finaliza o vácuo inicial, dá-se à pressão até a saturação de 18Kgf/cm².

5ª Etapa – Finalizando a fase de pressão, a solução excedente é transferida para o tanque reservatório, evaziando-se totalmente a autoclave.

6ª Etapa – Inicia-se o vácuo final para a retirada do excesso de solução preservativa da superfície da madeira. A duração do ciclo de tratamento é de aproximadamente 4 horas.

Mande seu orçamento ou tire suas dúvidas conosco!

Armazém da Madeira

Av. Edgar Pires de Castro 10.250

Bairro Lageado - Porto Alegre - RS.

Fone: 51 32681926 

e-mail: armazem.madeira@hotmail.com